A Bot oferece, além do ORÇAMENTO GRATUITO, o ENVIO GRATUITO do dispositivo por frete expresso de qualquer endereço do Brasil! Solicite AQUI

O backup do HD (seja para uma unidade interna ou externa) cria uma cópia dos seus arquivos, para que possam ser acessados em casos de urgência (ataques de vírus, falhas de sistema operacional ou de hardware).

Em outras palavras, a única maneira de garantir que nenhum arquivo importante seja perdido é criar um backup do seu HD.

Mas, como fazer isso de forma segura? Qual é a melhor unidade para realizar este backup: interna ou externa? Quais são as vantagens e desvantagens do HD externo? O melhor backup é o total ou o parcial? E o backup automático, realmente vale a pena?

É o que vamos descobrir neste post!

Como fazer backup HD interno ou externo

Como fazer o backup de um HD?

Para fazer o backup do seu HD, copiando fotos, vídeos, arquivos e aplicativos, você vai precisar utilizar um sistema específico para isso.

No caso, esse sistema tanto pode ser nativo (já vir instalado no seu sistema operacional Mac ou Windows) ou ser softwares de terceiros.

Alguns exemplos de software de backup são:

O backup de HD, mesmo parecendo um procedimento simples, esconde uma armadilha: se ele falhar – e você não perceber – só vai descobrir quando ocorrer uma emergência que exija a recuperação destes dados.

Em outras palavras: na hora que você mais precisar.

HD Interno

Fazer o backup no HD interno significa que você vai salvar uma cópia dos seus arquivos mais importantes em outra partição do seu disco.

Por exemplo, digamos que você faça backup de sua pasta de documentos em outra pasta de outra partição – digamos, o conteúdo de “C:\Usuários\Você\Documentos” pode ser copiado para “D: \ Backups”.

Isso garante segurança em casos de exclusões e modificações acidentais, corrupção de arquivos ou danos aos seus arquivos. Afinal, basta restaurá-los da sua cópia de backup.

Mas, isso não te protege de uma falha no sistema. Portanto, ao usar essa abordagem, é difícil (senão impossível) fazer backup de todo o sistema.

Em outras palavras, se seu Windows ou Mac falhar por qualquer motivo, você não poderá reverter para uma cópia de backup.

Dito isso, vejamos como realizar o backup no HD interno do Mac e do Windows.

Para o Mac, siga o passo a passo:

1 – Abra o menu da Apple, vá para “Preferências do Sistema” e clique no Time Machine

2 – Clique em “Selecionar Disco de Backup”

3 – Selecione o disco que representa sua partição interna. Se quiser manter a segurança dos seus dados, clique em “Criptografar backups”. Feito isso, clique em “Usar Disco”.

Para o Windows, você pode usar o “Histórico de arquivos” para fazer backup em uma unidade interna.

Use o caminho: Iniciar > Configurações > Atualização e segurança > Backup > Adicionar uma unidade.

Em seguida, selecione a unidade interna para realizar seus backups.

HD Externo

Esta é a abordagem de backup mais recomendada. É quando você salva uma cópia de suas fotos, vídeos, documentos, aplicativos e demais arquivos em uma unidade de disco fora de seu computador/notebook, conectada através de uma porta USB.

Fazer o backup no HD externo mantém seus arquivos protegidos em caso de:

  • Apagar, modificar, corromper ou danificar acidentalmente seus arquivos: você pode restaurá-los a partir da cópia de backup do seu disco externo
  • Falha de hardware: se o disco do sistema falhar, você o substitui e restaura a partir do backup
  • A maioria das falhas do sistema: se sua instalação falhar por qualquer motivo, você pode reverter para um backup – em vez de reinstalar seu sistema operacional do zero
  • A maioria dos malwares: você pode restaurar um backup completo do sistema feito antes do incidente.

Mas, o backup em HD externo não te protege de malwares que infectam unidades conectadas, nem ajudam em casos de roubos ou desastres.

Dito isto, siga o passo a passo abaixo para fazer o backup do seu Windows no HD externo:

1 – Conecte sua unidade de HD externo utilizando a conexão USB do seu desktop/laptop e espere que o sistema reconheça o novo disco rígido

2 – Clique no botão “Iniciar” ou pressione a tecla com a logo da Windows em seu teclado e, em seguida, selecione o “Painel de Controle”

3 – No menu “Ajuste as configurações do computador” dê duplo clique em “Backup e Restauração” para utilizar a funcionalidade que faz cópias de segurança do seu PC

4 – Uma janela vai abrir, apresentando diversas informações sobre como realizar o registro automático do sistema. Selecione o comando “Alterar configurações” para fazer as personalizações do backup da ferramenta

5 – Após selecionar o HD externo que você conectou ao seu computador/laptop, clique em “Avançar” para continuar para o próximo estágio de backup do HD externo

6 – Clique em “Deixar o Windows escolher (recomendado)” para fazer o backup padronizado. Se quiser, pode optar por “Deixar eu escolher” para selecionar manualmente os arquivos que deseja copiar. Então, selecione “Avançar” para prosseguir

7 – Um resumo das escolhas que você fez será apresentado pelo assistente de gravação. Selecione “Salvar configurações e executar backup” para iniciar o backup do seu Windows no HD externo

8 – Espere até que o backup seja concluído no HD externo. Acompanhe a evolução do processo através da barra de progresso da gravação, que é exibida na tela.

Para fazer o backup no Mac, siga as etapas abaixo:

1 – No menu da Apple, selecione “Preferências do Sistema” e clique no Time Machine

2 – Vá para “Selecionar Disco de Backup”

3 – Selecione seu HD externo, clique em “Criptografar backups” e, em seguida, “Usar Disco”.

Para realizar o procedimento, o Time Machine exige que o disco selecionado para o armazenamento dos backups esteja formatado.

Caso o que você escolheu não esteja formatado, clique em “Apagar”, para prosseguir – essa ação vai deletar todos os dados do seu disco de backup.

Utilizando HD externos para backup

Os HD externos são muito utilizados para realizar backups por diversos motivos: custo benefício, facilidade de instalação e de transporte. Porém, seu uso apresenta tanto vantagens, como desvantagens.

Confira cada uma delas a seguir:

Vantagens

Fazer o backup em HDs externos é mais barato do que outras alternativas, como os softwares de backup automáticos.

Além disso, o backup nos HD externos é mais rápido – já que ele não depende da velocidade da internet, por exemplo. Especialmente as versões com conexão USB 3.0, USB-C ou Thunderbolt (para aparelhos com portas compatíveis, claro).

Sem falar que ele não torna sua conexão mais lenta enquanto faz o processo de backup.

Desvantagens

A maior desvantagem de fazer o backup em HDs externos é que eles podem sofrer falhas a qualquer momento, seja mecânica ou por diversos outros motivos.

Por exemplo, você pode tentar ligá-lo e ele simplesmente não funcionar – o que impede que você tenha acesso aos dados salvos no dispositivo.

Em casos de backup automático – onde os HD externos devem ficar conectados o tempo todo – seus arquivos são expostos também a corrupção de dados por vírus.

Além disso, caso você exclua um arquivo acidentalmente, o backup automático replica o erro, criando um novo backup sem aquele arquivo.

Quando não criptografados, os HDs externos também podem, facilmente, ser acessados por pessoas não autorizadas.

Backup completo x parcial

No backup completo, todos os dados e arquivos presentes no seu HD interno são salvos, seja em uma unidade interna ou externa.

Nem sempre esse modelo de backup é o melhor, porque gera arquivos pesados – geralmente contendo dados desnecessários.

Por isso, se você preferir um backup completo, antes faça uma limpeza manual do seu notebook ou computador, excluindo arquivos e desinstalando aplicativos desnecessários.

O backup parcial, por outro lado, é usado por pessoas que querem liberar espaço no HD, tornando o desempenho da máquina mais rápido.

Nesse caso, a ideia é fazer cópias apenas dos dados e arquivos mais importantes – e que podem ser necessários em caso de falha do HD.

Backup automático para HD externo

O backup automático é quando seus arquivos, apps, vídeos, fotos e demais documentos são copiados com uma frequência pré-determinada por você, em dias e/ou horários específicos.

Você pode fazer o backup automático para HD externo nativamente no Windows de duas formas: utilizando o recurso de “Backup e Restauração” ou via “Histórico de Arquivos do Windows”.

Lembre-se: as duas opções exigem que HD externo esteja conectado ao seu notebook ou computador o tempo todo, para receber as atualizações de backup.

1 – Backup e Restauração

  • 1 – Use o caminho “Configurações” > “Atualização e segurança” > “Backup” > “Ir para Backup e Restauração” (para Windows 7)
  • 2 – Em seguida, selecione “Alterar Configurações”, escolha seu disco rígido externo para armazenar seu backup (que vai aparecer em uma lista) e, então, clique em “Avançar”
  • 3 – Selecione a alternativa “Deixe que eu escolha” que vai aparecer na janela e, então, clique em “Avançar” para escolher os arquivos que você quer fazer o backup
  • 4 – Em “Configurar Backup”, escolha a periodicidade que você prefere que os backups sejam feitos (diariamente, semanalmente, mensalmente). Defina também o horário e, por fim, clique em “Ok”
  • 5 – Para finalizar, selecione “Definir configurações e executar backup” e aguarde até que o processo seja concluído.

2 – Histórico de arquivos

  • No Painel de Controle, selecione o “Histórico de Arquivos”
  • Clique em “Selecionar unidade”
  • Escolha o HD externo, que estará descrito como “Disco Removível” (acompanhado pela letra da sua unidade externa, geralmente E:\). Em seguida, dê “Ok” para continuar
  • Vá para “Configurações Avançadas” e defina com qual regularidade quer que o backup do seu HD seja feito (minutos, horas ou diariamente)
  • Por fim, selecione “Executar agora”.

No Mac

Se você tem um PC ou notebook Mac, pode usar o Time Machine para fazer backups de HD automáticos.

Assim como no Windows, você precisa manter o HD externo conectado todo o tempo em seu aparelho para que o backup seja atualizado no dispositivo.

Para utilizá-lo, vá para o menu da Apple (localizado no canto superior esquerdo) e selecione “Preferências do Sistema” e, em seguida, “Time Machine”.

Então, selecione seu HD externo na lista, para que você possa configurá-lo.

O Time Machine faz backups do seu HD para o dispositivo externo de hora em hora nas últimas 24h, diários dos últimos 30 dias e semanais de todos os meses anteriores.

Lembre-se: os backups mais antigos são automaticamente apagados pelo app quando o disco ficar cheio.

Conclusão

O backup é um procedimento que copia os arquivos de seu HD, armazenando-os em uma partição diferente em seu computador/notebook (interno) ou em um disco rígido externo.

Os HDs externos são mais recomendados, em relação aos internos – mas cada um apresenta vantagens e desvantagens. Cabe a você escolher o que te atende melhor.

O backup não precisa ser sempre completo (caso onde gera cópias de arquivos contendo dados desnecessários). Também pode ser parcial, onde copia apenas os arquivos mais importantes.

Os backups, além de manuais, podem ser feitos automaticamente. Mas, nesse caso, se você optar pelo HD externo, precisará deixá-lo conectado ao seu computador/notebook o tempo todo para que o backup se mantenha atualizado.

Apesar de parecer um procedimento fácil, o backup pode exigir conhecimentos técnicos para que o procedimento seja bem-sucedido.

Além disso, caso o backup falhe, você só vai perceber quando surgir uma emergência e for necessário realizar uma restauração – isto é: no momento em que você mais precisar deles.

Se este for o seu caso, conte conosco! Nós, da Bot, podemos fazer a recuperação de dados com total segurança.

Custeamos o envio do seu aparelho a partir de qualquer localização do Brasil, fazemos a análise, enviamos o orçamento em até 48h e – a partir da sua confirmação – recuperamos os seus dados.

Preencha este formulário para iniciar sua restauração e seja um dos nossos mais de 60.000 casos resolvidos com sucesso!