A Bot oferece, além do ORÇAMENTO GRATUITO, o ENVIO GRATUITO do dispositivo por frete expresso de qualquer endereço do Brasil! Solicite AQUI

Você não quer perder os arquivos, fotos, trabalhos e outros dados importantes que guarda no HD externo, não é? Só que, quando você tem um HD externo pedindo para formatar, todos esses dados podem estar em risco…

Se o Windows sugere a formatação do disco rígido, significa que há algum problema. Setores defeituosos estão impedindo que o sistema operacional acesse os arquivos — e, portanto, você também não consegue. Então, o que fazer?

A seguir, vamos entender melhor por que isso acontece e o que fazer para recuperar o seu HD externo e todos os dados que estão lá armazenados. Acompanhe!

HD externo corrompido

Quais são os sintomas de um HD externo corrompido?

Um HD externo pedindo para formatar está com  . E esse problema apresenta alguns sintomas que você pode perceber ao tentar acessar os dados do disco rígido.

Muitas vezes, o computador sequer reconhece o HD externo depois de ele ser conectado. Ou talvez ele até reconheça, mas o disco aparece com 0 bytes armazenados, o que também é sinal de problema. Temos uma página completa para tratar casos de HD externo com problemas.

Também é comum tentar acessar os arquivos e pastas do HD, e o computador demorar muito para abri-los. Muitas vezes, nesse processo, o sistema pode travar ou até apresentar a tela azul. Você pode ouvir também alguns ruídos, que demonstram um   ou mau funcionamento dos componentes do disco.

Além disso, o Windows pode exibir algumas mensagens de alerta, como:

  • “Formate o disco na unidade F:\ antes de usá-lo. Deseja formatar?”
  • “F:\ não está acessível. O arquivo ou pasta está corrompido e ilegível.”

Quando você vê essas mensagens, é sinal de que você não vai conseguir acessar os arquivos armazenados até corrigir o problema com o HD.

HD externo pedindo para formatar: o que fazer?

Um HD externo pedindo para formatar requer cuidados. Porém, receber essa mensagem do Windows não significa que você perdeu todos os dados ou que o seu dispositivo não tem salvação, ok? Existem alguns procedimentos que você pode tentar executar para reparar o HD.

A formatação do disco, que o próprio Windows sugere, é uma das soluções. Porém, você precisa saber que formatar um HD significa limpar toda a unidade de armazenamento, inclusive os erros identificados, para permitir sua reutilização. Só que isso apaga todos os dados lá guardados.

Por isso, não se apresse em formatar o HD externo — é importante tentar outras alternativas de solução que evitem a perda de dados. Ainda assim, se for necessário fazer a formatação, garanta que os dados estejam salvos em outra unidade de armazenamento antes de fazer o procedimento. Mais adiante, vamos mostrar como fazer isso.

Como corrigir erros do HD externo sem formatar?

A seguir, vamos ver quais são as principais formas de reparar um HD externo que está pedindo para formatar. Você pode tentar algumas opções para salvar seu dispositivo antes de precisar formatá-lo.

Mas é importante saber que esses procedimentos pedem cautela, pois qualquer erro pode inviabilizar a recuperação dos dados e do próprio dispositivo. Por isso, se você quiser mais segurança e chances de recuperar os dados, conte com uma empresa especializada como a Bot.

Agora, acompanhe o passo a passo com dicas para tentar recuperar seu HD externo pedindo para formatar:

1. Verifique o computador, as portas e o cabo USB

Primeiramente, é preciso verificar se há algum problema que não seja no HD externo. Muitas vezes, o Windows não consegue reconhecer o disco ou ler os dados porque há algum problema no próprio sistema operacional, na porta USB ou no cabo de conexão.

Então, tente estas opções:

  • Conectar o HD externo em outro computador ou notebook;
  • Conectar o HD externo em outra porta USB;
  • Utilizar outro cabo para conectar ao computador.

Se alguma dessas opções permitir acessar novamente o HD externo, significa que o disco rígido e os arquivos não estão corrompidos. Menos mal!

Mas você ainda precisa corrigir o problema que impediu o acesso aos dados, como comprar um novo cabo ou reparar a porta de entrada. Em alguns casos, o excesso de poeira impede o Windows de acessar os dados do dispositivo removível — então, providencie a higienização.

2. Atualize os drivers do dispositivo

Se o HD externo funcionar em outro computador, pode ser necessário atualizar ou reinstalar os drivers no dispositivo que apresentou problemas.

O Windows Update procura manter os drivers, inclusive as entradas USB e unidades de disco, sempre atualizados, mas pode acontecer algum erro na instalação. Então, o usuário pode manualmente atualizar, remover e instalar os drivers. Para isso:

  1. Na barra de busca do Windows, procure por Gerenciador de Dispositivos;
  2. Localize os “Controladores USB” (para verificar as entradas USB) e “Unidades de disco” (para verificar a unidade do HD externo);
  3. Clique com o botão direito no dispositivo desejado e, depois, em “Atualizar driver”;
  4. Selecione a opção “Pesquisar automaticamente software de driver atualizado”.

Assim, o Windows vai verificar se há atualizações pendentes, que podem corrigir os problemas que você encontrou.

3. Execute o antivírus para verificar seu disco rígido

Um problema que costuma corromper pastas e arquivos nas unidades de armazenamento é a infecção por vírus. Eles podem danificar dados e o sistema de arquivos e impedir que o usuário acesse a unidade.

Por isso, outra opção antes de formatar o HD externo é rodar um programa de antivírus confiável, como Norton, Avast ou Kaspersky. Dependendo do problema, os próprios softwares podem verificar e reparar o dispositivo infectado.

4. Execute a Verificação de Erros do Windows

Se as opções acima não resolveram o problema do HD externo, você pode tentar a Verificação de Erros do Windows. Essa ferramenta verifica e tenta reparar problemas na unidade de armazenamento. Para usá-la, conecte o HD externo ao computador e siga os passos:

  1. Abra o Explorador de Arquivos do Windows e identifique o HD externo;
  2. Clique com o botão direito e abra as Propriedades;
  3. Clique na aba Ferramentas > Verificação de Erros;
  4. Clique em Verificar > Verificar e reparar a unidade.

5. Use o ChkDsk no Prompt de Comando

Se a ferramenta acima não funcionar, você também pode tentar usar o comando ChkDsk (Check Disk ou verificar o disco). Assim como a Verificação de Erros, o ChkDsk também faz uma varredura no disco em busca de erros para corrigi-los, mas faz uma análise mais profunda.

Para usar esse comando, faça o seguinte:

  1. Abra o Prompt de Comando do Windows (digite “cmd” na barra de busca do Windows ou aperte as teclas “Win + R” e digite “cmd”);
  2. Na tela preta, digite “chkdsk /r /f LetraDaUnidadeDeDisco:” e tecle Enter. Use sem as aspas e substitua pela letra da unidade (por exemplo: chkdsk /r /f d:).

Para usar esse comando, provavelmente seja necessário executar o Prompt de Comando como Administrador.

Como formatar um HD externo com erro?

Se os passos acima não corrigirem o problema do seu HD externo, você vai precisar formatar o disco. Mas não se precipite! Antes, é preciso resgatar os dados para que a formatação não leve todos os seus arquivos.

A seguir, veja as nossas orientações:

1. Recupere os dados do disco rígido não formatado

Antes de formatar o HD externo, é importante salvar os seus arquivos em outra unidade, como um HD externo ou armazenamento na nuvem.

Mas é claro que, se o Windows avisar que o disco está ilegível, você não vai conseguir acessá-los como de costume. Por isso, você pode recorrer a um software de data recovery ou a uma empresa especializada como a Bot, que pode fazer o serviço completo para você, desde o diagnóstico até a recuperação dos dados e do dispositivo.

Alguns programas confiáveis que você pode usar são o Recoverit, o EaseUS e o Recuva. Essas ferramentas analisam o disco em busca de setores defeituosos e dados que podem ser restaurados. Se o procedimento for bem sucedido, você pode ver seus arquivos novamente e salvá-los em outro lugar para seguir com a formatação.

2. Formate o disco rígido externo

Enfim, chegou a hora de formatar o HD externo. Antes de seguir os passos, tenha certeza do que você está fazendo, porque esse procedimento elimina tudo o que está armazenado no disco, incluindo arquivos, dados do sistema e os erros que estão afetando seu funcionamento.

Mas é a formatação que vai permitir usar novamente o HD externo sem qualquer problema. Para isso, é preciso seguir os passos:

  1. Abra o Explorador de Arquivos do Windows e identifique o HD externo;
  2. Clique com o botão direito e selecionar “Formatar…”;
  3. Nas opções do Sistema de Arquivos, selecione NTFS, se a intenção for usar o HD externo apenas em Windows, ou exFAT, se quiser usar também no MacOS ou Linux;
  4. Clique em Iniciar.

Com esses comandos, o Windows vai realizar a formatação do disco para que você possa reutilizá-lo. Depois, quando o HD externo estiver recuperado, você pode voltar a salvar os arquivos nele.

Conclusão

Enfim, essas são as nossas dicas para recuperar arquivos do HD externo e tornar o seu dispositivo útil novamente. Se você tiver um HD externo pedindo para formatar, pode fazer esses procedimentos por conta própria, mas saiba que a ajuda de uma empresa especializada aumenta — e muito — as chances de sucesso.

Além disso, os programas de data recovery não conseguem reparar todo tipo de problema e nem sempre têm uma boa performance. Se o disco tiver alguma falha mecânica, por exemplo, é preciso fazer uma intervenção física no dispositivo. E isso jamais deve ser feito em casa.

Uma empresa especializada como a Bot tem os equipamentos e profissionais adequados para isso, além de ambientes completamente higienizados, que evitam qualquer sujidade. São mais de 11 anos de experiência no mercado, com 95% de sucesso nos casos recebidos.

Agora, se você também quer ter a ajuda da Bot, entre em contato conosco. Você pode preencher o formulário e iniciar agora mesmo a recuperação do seu HD externo pedindo para formatar!