A Bot oferece, além do ORÇAMENTO GRATUITO, o ENVIO GRATUITO do dispositivo por frete expresso de qualquer endereço do Brasil! Solicite AQUI

Uma ferramenta do Windows capaz de ser executada sem a inicialização do sistema operacional, o Diskpart garante total controle sobre volumes e partições de HD, além de identificar partições ocultas.

Com os comandos do Diskpart, é possível editar discos, partições e volume do sistema, com recursos que permitem fazer a formatação de HDs, pen drives e SSDs, fazer a conversão de partições MBR para GPT, além de criar, formatar e apagar partições manualmente.

Conheça, no post de hoje, alguns dos principais comandos do Diskpart, como usá-lo e quais cuidados tomar ao fazê-lo.

 
Diskpart: como usar comandos em partições para formatar discos

O que é Diskpart?

O DiskPart é um utilitário de particionamento de disco que usa linhas de comando para realizar operações.

Sucessor do fdisk, o Diskpart é compatível com Windows e Windows Server, incluindo XP e Server 2003 e versões mais atuais, como Windows 7/8/10, Windows Server 2008/2008 R2/2012/2012 R2/2016.

O DiskPart pode ser usado para gerenciar partições de discos rígidos, limpeza e formatação de unidades flash USB, além de permitir a criação, exclusão e fusão (expansão) de partições.

Basicamente, a linha de comando DiskPart é semelhante ao Gerenciamento de disco, mas é mais poderosa porque consegue implementar algumas funções que não podem ser realizadas pelo Gerenciamento de disco.

Como, por exemplo, a configuração de volumes espelhados.

Também pode ser usada após a execução de operações de partição, eliminando a necessidade de reiniciar o computador.

O Diskpart é executado na interface do prompt de comando.

Quais cuidados devo ter com a ferramenta?

Se você está pensando em usar o Diskpart, lembre-se que ele é um utilitário que manipula partições e informações internas de mídias de armazenamento (HD interno, externo, SSDs e pen drives).

Por isso, é recomendável que você use as linhas de comando Diskpart com cuidado, porque, uma vez que seu comando é executado, não pode ser desfeito.

Isso significa que, ao utilizá-lo, você corre o risco de destruir totalmente os arquivos e pastas armazenados nessas unidades.

Por isso, revise com atenção seus comandos antes de rodá-los no Diskpart.

Aliás, se você está pensando em usar a ferramenta para recuperar dados ou até partições inteiras, considere deixar este procedimento de recuperação nas mãos de especialistas – como nós, da Bot.

Assim, você garante a restauração segura dos seus dados, sem correr o risco de sofrer prejuízos maiores ou destruir seus dados definitivamente.

Como usar a ferramenta?

Você pode usar o Diskpart se estiver com problemas nas partições do disco rígido que exijam reparticionamento, precisar formatar/criar/redimensionar uma partição ou particionar o disco rígido devido uma falha de inicialização do Windows.

Mas, como em qualquer operação que envolve dados importantes, é fundamental fazer um backup antes de rodar os comandos no Diskpart.

Lembre-se: você precisa executar o Diskpart no modo de administrador.

Para usar o Diskpart, o prompt de comando deve ser aberto. Isso pode ser feito 2 formas:

  1. Digitando “diskpart” na caixa “Pesquisar”, clicando com o botão direito do mouse em Diskpart nos resultados da pesquisa e selecionar “Executar como administrador”
  2. Pressionar a tecla “Windows” e “R” ao mesmo tempo e, em seguida, digitar “diskpart” na caixa “Executar”.

Com o prompt de comando aberto, primeiro você deve listar os objetos e, em seguida, selecionar um objeto específico no qual focar.

Quando um objeto é focalizado, todos os comandos Diskpart que você digitar agem nesse objeto.

Lista dos principais comandos do DiskPart

Você pode listar os objetos disponíveis usando os comandos list disk, list volume e list partition.

Os comandos list disk e list volume exibirão todos os discos e volumes do computador. Porém, o comando list partition exibe apenas as partições no disco que foram selecionadas primeiro.

Em seguida, você pode selecionar o destino usando o comando select, como selecionar o número do volume (que deve representar o número específico do volume selecionado).

Lembre-se: quando você seleciona um objeto, o foco permanece nesse objeto até que você selecione um novo objeto diferente.

Alguns comandos do Diskpart podem alterar automaticamente o foco. Por exemplo, quando uma nova partição é criada, o foco é automaticamente alterado para a nova partição.

Por fim, não esqueça de apertar “Enter” após digitar cada linha de comando no Diskpart.

Confira alguns dos principais comandos do Diskpart abaixo:

list disk/volume

  • Fornece informações resumidas sobre os discos/volumes disponíveis em seu computador.

list partition

  • Apresenta informações sobre cada partição disponível em um disco específico.

select disk/partition/volume

  • Define o foco em um disco/partição/volume específico.

detail disk/partition/volume

  • Fornece informações detalhadas sobre o disco/partição/volume atualmente selecionado.

create partition primary/logical

  • Cria uma nova partição primária/lógica.

delete disk/partition/volume

  • Exclui disco/partição/volume de destino.

convert basic/dynamic/mbr/gpt

  • Cria um volume de distribuição em discos especificados.

assign

  • Atribui uma letra de unidade ou ponto de montagem ao volume selecionado.

clean

  • Limpa os dados de configuração ou todas as informações do disco.

format

  • Formata o volume ou partição.

active

  • Marca a partição selecionada como ativa.

Conclusão

Os comandos do Diskpart são úteis para particionamento de discos internos ou externos, semelhante ao Gerenciador de disco – mas mais poderoso.

Ele permite criar, excluir e expandir partições, além de formatar, limpar e formatar unidades flash USB.

Para utilizá-lo, é preciso executá-lo como administrador e conhecer suas linhas de comando – além de pressionar o “Enter” após cada comando.

Uma vez executados os comandos do Diskpart, eles não podem ser desfeitos. Por isso, é importante tomar muito cuidado ao utilizar esta ferramenta.

Além disso, ao usá-lo você corre o perigo de perder todos os seus arquivos, caso execute um comando incorreto.

Por isso, se você está pensando em usar o Diskpart para corrigir alguma falha do seu disco ou recuperar dados, considere uma alternativa mais segura: deixar seu dispositivo nas mãos de especialistas, para garantir uma restauração segura.

Nós, da Bot, podemos te ajudar a recuperar seus arquivos com toda a segurança, agilidade e eficiência.

Você pode enviar-nos gratuitamente seu dispositivo a partir de qualquer localidade do Brasil. A partir do recebimento, nós fazemos a análise dele, enviamos seu orçamento e recuperamos seus dados em até 48 horas!

Para iniciar sua recuperação de dados conosco, comece preenchendo este formulário. Leva menos de 1 minuto!