A Bot oferece, além do ORÇAMENTO GRATUITO, o ENVIO GRATUITO do dispositivo por frete expresso de qualquer endereço do Brasil! Solicite AQUI

É possível recuperar o SSD corrompido com técnicas que podem ser aplicadas na sua casa. Mas para isso é necessário entender o que está acontecendo e analisar os sinais que o seu SSD está apresentando.

Existem diversos problemas que podem causar o funcionamento inadequado da unidade. Por isso, é preciso entender para encontrar a melhor solução.

Dessa forma, se você quer saber como recuperá-lo sem colocar seus dados em risco, veja a seguir e tire suas dúvidas. Boa leitura!

SSD CORROMPIDO

Como saber se meu SSD está falhando?

A identificação de falhas do SSD pode ser um pouco mais complexa, já que ele não possui emissão de sinais sonoros, como os zumbidos, por exemplo, que caracterizam o início do processo de desligamento completo.

No entanto, ainda é possível detectar alguns sinais que permitem a identificação de possíveis falhas e tomar algumas medidas para remediar o problema em questão. Veja alguns indícios a seguir.

Bad Blocks

Os “bad blocks” são segmentos de armazenamento que estão apresentando falhas em decorrência de memória corrompida ou danos ao equipamento, e isso faz com que haja o impedimento de armazenamento de novos dados e também nas funções que possibilitam sua recuperação.

Ao ter um SSD corrompido ou que apresenta defeito em seus blocos, é preciso observar alguns sinais desse problema, como:

  • Problemas para ler, mover ou salvar arquivos;
  • Aplicativos com lentidão para operar;
  • Recebimento de prompts para reparação do sistema;
  • Queda no desempenho;
  • Travamentos frequentes.

Esses são sinais de que está ocorrendo os bad blocks, e uma solução que pode ser aplicada é a instalação de softwares para procurar por segmentos com defeitos. Caso ele indique a presença de danos, é muito importante realizar o backup de todas as informações e providenciar a troca do SSD.

Reparo do sistema de arquivos

No momento em que houver a solicitação de reparo por parte do computador, é importante verificar se o software especializado não apresenta danos. Se não, pode ser um indício de que o problema está na porta do conector.

No entanto, antes de realizar qualquer verificação, é importante fazer o backup das informações, para evitar perder os seus dados, para ser possível prosseguir com a reparação do sistema. Para cada tipo de sistema operacional, é indicado um tipo de software diferente:

  • Para os usuários de Mac OS: utilize o Utilitário de Disco;
  • Para os usuários de Linux: execute o utilitário fsck;
  • E para os usuários de outros sistemas operacionais: escolha entre utilitários com versões free ou premium, conforme a sua preferência.

Falhas ou travamentos

Em casos de falhas no SSD, é possível que ocorra falhas na inicialização, mas ele pode voltar ao funcionamento normal após a reinicialização recorrente. No entanto, a frequência dessas ocorrências pode indicar um problema. Porém, existem ações que podem ser feitas, como:

  • Executar um software para verificação do desempenho e da integridade;
  • Reinstalação do sistema operacional;
  • Limpeza dos dados das partições.

A formatação pode ser uma solução, mas é preciso certificar de que o problema foi resolvido, e não apenas adiado, além de tomar o devido cuidado para não realizar procedimentos de formatação sem o devido conhecimento técnico necessário e perder os seus dados.

Modo somente leitura

A apresentação do modo de leitura é uma das falhas que são menos recorrentes, mas elas podem ocorrer. Quando o SSD para de funcionar, e ao voltar, ele permite o uso apenas no modo leitura.

Neste caso, é possível que a unidade tenha sido corrompida, e antes de buscar qualquer solução, é necessário tentar realizar o backup das informações.

Como recuperar os dados do SSD corrompido?

Para recuperar um SSD corrompido, ou que está apresentando problemas no seu funcionamento, é necessário entender a origem do problema, ou seja, o que está causando o mau funcionamento.

Dessa forma, se for um problema físico, como danos ao hardware ou a algum componente, o SSD deve ser substituído. Porém, se for um erro lógico, como segmentos com defeito, funcionamento inadequado do software, existem algumas técnicas que podem ser aplicadas na tentativa de recuperar o SSD.

Formatação completa da unidade com a reinstalação do sistema operacional

A formatação da unidade pode ser feita na tentativa de recuperar o SSD sem ter que substituí-lo. No entanto, ao realizar o processo, é necessário reinstalar por completo o sistema operacional e acompanhar sua evolução, para ver se as falhas foram corrigidas ou se elas se mantiveram.

Ligar e desligar o SSD

Caso a unidade tenha sido corrompida devido a uma falha na energia, ligar e desligar o SSD pode ser a solução mais interessante. Para isso, você deve:

  • Desconectar o cabo SATA (mantendo o cabo de alimentação ligado);
  • Mantenha a alimentação ligada por 30 minutos e depois desligue por 30 segundos;
  • Ligue a energia por mais 30 minutos e, em seguida, desligue por mais 30 segundos;
  • Religue a alimentação e conecte o cabo SATA.

Se o ciclo de energia for reestabelecido, o SSD terá o funcionamento normalizado a partir daquele ponto.

Inativação do menu de inicialização

Esse é um método parecido com o processo realizado anteriormente, no ciclo de energia. No entanto, o que difere é que o computador ficará ocioso (no menu de inicialização) ao longo dos intervalos de energia.

Para realizar o processo em um desktop, faça a inicialização pelo BIOS, diretamente na tela do BIOS. Se for um Mac, utilize o menu de inicialização no momento em que for ligar o computador, mas mantendo a tecla ALT pressionada.

Atualização do firmware do SSD

O firmware é a parte que integra as operações do disco rígido, e ele pode ter sido corrompido na unidade de armazenamento. E se ele for ruim, é possível que a capacidade de acesso seja afetada, ou seja, as funções de leitura e gravação são prejudicadas.

Para corrigir esse problema, é possível executar uma ferramenta de atualização para firmware, de forma que ela verifique se existe uma versão mais recente. Se houver, é só atualizar. No entanto, caso não tenha, é preciso avaliar os danos que foram causados. E é necessário contar com o auxílio de um profissional especializado, para evitar que os dados sejam perdidos permanentemente.

Atualização de drivers

No Windows, basta verificar o Gerenciador de Dispositivos, ir para Unidades de Disco e clicar com o botão direito do mouse no SSD para atualizar o driver. Após a reinicialização, o SSD estará recuperado.

Conclusão

O SSD, apesar de suas características práticas e alta velocidade, não é livre de erros. Na verdade, existem vários problemas que podem afetar este tipo de unidade.

Sabendo o motivo que os causa, a maioria deles pode ser resolvido. Porém, todos os métodos de solução envolvem o risco de perda de dados.

Portanto, o modo mais seguro de recuperar os dados do SSD é confiar em uma empresa especializada, como a Bot!

Aqui, seu dispositivo é tratado por especialistas altamente capacitados, habituados a recuperar diariamente dados de milhares de SSDs.

Isso independentemente da marca, modelo ou sistema de arquivos do dispositivo e do tipo de erro apresentado pela unidade.

Além disso, priorizamos a sua urgência em reaver seus dados. Por isso, trabalhamos com orçamento em, no máximo, 48 horas!

Também buscamos garantir sua comodidade. Para tanto, custeamos o envio do seu dispositivo a partir de qualquer localidade do Brasil.

Confie em quem tem mais de 100.000 casos resolvidos com sucesso, além de uma taxa de 99% de satisfação da clientela: inicie já sua recuperação de dados conosco!