A Bot oferece, além do ORÇAMENTO GRATUITO, o ENVIO GRATUITO do dispositivo por frete expresso de qualquer endereço do Brasil! Solicite AQUI

Clonar o HD traz vários benefícios e também é uma maneira fácil de gerir de maneira fácil as suas soluções de armazenamento.

A clonagem permite que você crie uma cópia de 100% fiel de todo o seu HD, o que é útil quando você precisa como fazer backup ou transferir dados.

Melhor ainda, esse processo também permite que você copie a instalação do seu sistema operacional com suas preferências, programas e também suas configurações completamente intactas.

Porém, antes de clonar seu HD, é importante se familiarizar com o processo.

Por isso, neste artigo, ajudaremos você a entender como funciona a clonagem e quando ela é necessária, além de explicar como realizar o processo corretamente no seu Windows ou Mac.

clonar HD e fazer transferência de dados

O que é clonagem de drive?

Clonar o HD é fazer uma cópia idêntica da unidade original, incluindo seu sistema operacional (além de todos os arquivos necessários para a inicialização e correta execução do computador).

Porém, muitas pessoas confundem a clonagem do HD com o backup – processos que se diferenciam de duas formas:

  1. Backups copiam somente arquivos: um backup – seja na nuvem ou em um HD externo – cria apenas cópias dos seus arquivos, não funciona como um drive independente
  2. A clonagem copia absolutamente tudo: um HD clonado é idêntico ao original e pode ser iniciado e operado normalmente.

Quando a clonagem do HD é necessária?

Você pode clonar seu HD para criar um backup completo, para migrar para um drive novo e até para facilitar o processo de atualização de drive, como veremos a seguir:

Criar um backup completo

É o ideal para garantir que seus dados estejam acessíveis mesmo após um caso de ataque de malwares (que danificam arquivos, dados ou até todo o sistema operacional).

Por exemplo, se seu PC é atacado por um ransomware, seus arquivos são criptografados e inutilizados, enquanto o autor do ataque pede um resgate para descriptografá-los.

Se você tem um HD clonado, basta trocar o HD infectado pelo HD clonado e terá o sistema, programas e arquivos que existiam no momento que fez o clone e não precisará pagar o resgate.

Migração para um disco rígido novo

Caso você tenha comprado um computador, não precisa reinstalar tudo na máquina nova. Basta remover seu HD original, clonar no HD do computador novo e até mesmo poderá usar o HD antigo em um case externo e mantê-lo como unidade de backup

Atualização de drive

Por fim, quando você decide trocar o HD por um SSD, a clonagem é útil para mover todos os seus dados para o novo SSD.

Como funciona a clonagem de HD?

Clonar o HD envolve algumas providências básicas para garantir que o processo seja bem sucedido. Confira cada uma delas a seguir:

Adquira um segundo drive

Obviamente, você precisa de um local para hospedar a versão clonada de sua unidade atual – podendo ser uma unidade secundária integrada ou uma unidade externa.

Não basta simplesmente comprar um disco novo. Você também deve verificar se há uma maneira de conectar os dois discos rígidos.

Geralmente, isso pode ser feito usando um adaptador USB para IDE/SATA.

Confira a capacidade do drive

Certifique-se de que o disco de destino (aquele para o qual você está clonando dados) é maior ou igual a unidade de origem (a atual).

Baixe um utilitário de clonagem

Para Windows, a opção gratuita mais popular é o Macrium Reflect Free e no macOS, o SuperDuper! é uma alternativa.

Existem também alternativas pagas, com mais recursos, como Paragon Drive Copy e EaseUS Disk Copy Professional. Entre os recursos avançados destas ferramentas estão clonagem incremental, agendamentos, backups elaborados de arquivos e criptografia.

Mas, para um uso simples, as ferramentas gratuitas devem funcionar bem.

Certifique-se de que o novo disco está formatado ou sem dados importantes.

Os dados no disco de destino serão permanentemente destruídos e substituídos pelos dados da unidade de origem. Formatar um disco rígido é um processo que pode levar muito tempo. Por isso, tome essa providência antes de iniciar sua clonagem.

Limpe seu disco original

Livre-se de programas que você não precisa mais e remova arquivos temporários e dados duplicados. Afinal, por que clonar gigabytes que você não precisa?

Como clonar um HD no Windows

Agora que você já tem tudo preparado para iniciar o processo, basta seguir os passos a seguir para clonar seu HD no Windows:

1. Baixe e instale uma ferramenta confiável de clonagem de HD

O Windows vem com uma ferramenta integrada chamada Imagem do Sistema para ajudar a transferir seu disco rígido.

A imagem do sistema só funciona se você estiver clonando seu disco rígido para um disco rígido maior, então você não pode usá-lo para clonar partições do disco rígido.

Ele também pode fazer uma imagem do HD, que difere da clonagem de disco rígido, pois cria um único arquivo que contém todos os dados do HD ao invés de fazer uma cópia de disco para disco.

2. Selecione o drive a ser clonado

Selecione o HD que deseja copiar (certificando-se de marcar a caixa mais à esquerda, se o disco tiver várias partições) e clique em “Clone este disco” ou “Imagem deste disco”.

3. Especifique o destino do clone

Na próxima janela, escolha seu disco de destino – aquele que vai abrigar seus dados recém-copiados.

Lembre-se que isso vai apagar todos os dados no HD de destino, portanto, tenha cuidado com qual você escolher.

Se houver algum dado antigo nele, você pode selecioná-lo e clicar no botão “Excluir partições existentes”, até que a unidade esteja vazia.

Caso você esteja clonando para uma unidade maior, clique no botão “Propriedades da partição clonada” na parte inferior desta janela e estenda sua partição principal para preencher todo o espaço do disco.

4. Começar a clonagem

A página seguinte vai perguntar se você deseja agendar esse clone, o que é útil caso queira criar imagens regularmente de sua unidade para fins de backup.

Na página seguinte, você também pode salvar o backup e sua programação como um arquivo XML – para segurança.

5. Entre no UEFI/BIOS para ter certeza de que a clonagem foi bem-sucedida

Por fim, para garantir que tudo está funcionando corretamente, você pode iniciar seu computador usando o HD clonado.

Para isso, entre no BIOS (Basic Input/Output System) ou UEFI (Unified Extensible Firmware Interface) e configure o computador para iniciar (boot) com o disco clonado, no lugar do original.

Lembrando que a BIOS fica nas configurações de firmware do seu PC – sendo que, nos mais novos, ele foi substituído por uma interface chamada UEFI.

Para acessar o BIOS em PCs mais antigos, é preciso pressionar uma tecla (ou combinação de teclas) enquanto ele se inicia.

Geralmente é o F12, F2, Esc ou Delete – você pode confirmar na tela durante as etapas de inicialização.

Uma vez na BIOS, selecione a opçãoBoot Order” ou apenas “Boote indique que seu PC deve usar o disco clonado na inicialização.

Já para acessar o UEFI, você deve abrir o menu do Windows (no canto inferior esquerdo da barra de tarefas).

Em seguida, clique em “Ligar/Desligar”, mantenha a tecla “Shift” pressionada e, então, clique em “Reiniciar”.

Após uma redefinição, seu PC vai apresentar várias opções avançadas de configuração. Siga o caminho: “Solução de problemas > Opções avançadas > Configurações de Firmware UEFI” e, a seguir, “Reiniciar”.

Uma vez dentro do UEFI, basta indicar ao computador que use o HD clonado para inicializar.

Clonagem de HD no Mac

Para clonar o HD em um sistema operacional Mac, siga o passo a passo abaixo:

1. Abra o Utilitário de Disco

Para isso, siga o caminho “Aplicativos > Utilitários de Disco”. Outra forma é abrir o Spotlight mantendo pressionadas as teclas “Command + Espaço” e pesquisar por Utilitário de Disco.

2. Selecione o disco de destino e pressione Restaurar

Na barra superior do Utilitário de Disco, selecione “Visualizar > Mostrar todos os dispositivos”.

Em seguida, procure o drive que você quer usar como clone na barra lateral esquerda.

Não esqueça que, neste momento, você está selecionando o drive de destino – não o original que será clonado.

Por fim, selecione “Restaurar”.

3. Escolha o disco original no menu suspenso

No pop-up “Restaurar a partir de”, selecione a unidade original. Você será avisado pelo utilitário que este processo vai apagar todos os dados do disco.

Geralmente, há somente um drive no Mac – que você deve selecionar no menu suspenso, antes de clicar em “Restaurar”.

4. Aguarde a conclusão da clonagem antes de clicar em “Concluído” na caixa de diálogo

O aplicativo vai mostrar uma barra de progresso que se preenche conforme a clonagem avança.

Somente quando ela estiver totalmente preenchida, clique em “Concluído” para finalizar o processo.

5. Inicie o novo drive para verificar se o clone está funcionando

Por fim, faça o boot no seu Mac a partir do HD clonado para testar seu drive.

Quanto tempo demora para clonar um HD?

Isso depende de dois fatores principais: volume de dados (capacidade do HD a ser clonado) e velocidade da controladora do computador em que o trabalho é feito.

A uma velocidade de 100 Mb/s, por exemplo, demora (em média) 90 minutos para clonar um HD com 500GB de dados.

Mas, uma clonagem do mesmo volume de dados, com a metade da velocidade de transferência pode demorar até o dobro do tempo, chegando a 3 horas!

Além disso, é preciso considerar que uma clonagem mais veloz faz o processo ser mais rápido, mas altos volumes de dados tornam o processo mais demorado.

Porém, se o disco original e o de destino estiverem no mesmo PC, a conexão direta na placa mãe faz com que a clonagem seja mais rápida do que em um drive externo.

Vale destacar também que muitas unidades transferem dados em velocidades muito inferiores às máximas anunciadas – afinal, esses números não abrangem o tipo de atividade sustentada para o processo de clonagem.

O que fazer quando a clonagem travar ou demorar muito tempo?

A clonagem pode apresentar problemas quando seu HD antigo possui setores defeituosos. No caso, o processo pode ter longas pausas, ficar travado em determinado ponto ou ser interrompido.

Para resolver a questão, você vai precisar recorrer a um serviço de recuperação de dados profissional. Somente empresas como a Bot mantém equipamentos profissionais que permitem a clonagem de HDs com setores danificados, bad blocks ou outros problemas.

É importante ressaltar que se você estiver tendo problemas para clonar seu HD, não faça mais tentativas pois pode estar destruindo o HD a cada tentativa. A recuperação precisa ser feita por profissionais para que o HD (e os dados) não seja destruído definitivamente.

Conclusão

Clonar o HD é cria uma cópia perfeita, totalmente inicializável e exatamente igual à original.

Essa clonagem é útil para fazer um backup completo de dados valiosos, migrar para um computador novo ou quando você quer atualizar seu HD para uma unidade de estado sólido (SSD).

Para conseguir clonar o HD, você precisa baixar e instalar uma ferramenta de clonagem, selecionar o drive a ser clonado, especificar o destino do clone e – após finalizar o processo – entrar na UEFI/BIOS para garantir que foi bem sucedido.

Tanto no Mac, como no Windows, a clonagem é um processo que pode demorar. Tudo vai depender da velocidade de transmissão e do volume de dados a serem clonados.

Por fim, vale destacar que a clonagem pode causar a perda de dados – caso você não tenha um backup dos seus arquivos.

Nesse caso, para recuperar seus dados, prefira recorrer a um serviço profissional especializado – para garantir que seu HD não seja ainda mais danificado.

Nós, da Bot, podemos recuperar os dados do seu HD com facilidade e total segurança. Atuamos com a Sala Limpa: um ambiente com partículas controladas, onde seu disco terá sua integridade protegida.

Além disso, já resolvemos mais de 60.000 casos com sucesso ao longo de mais de uma década de atuação.

Inicie sua recuperação conosco e tenha seus dados de volta em até 48h!