A Bot oferece, além do ORÇAMENTO GRATUITO, o ENVIO GRATUITO do dispositivo por frete expresso de qualquer endereço do Brasil! Solicite AQUI

Você já apagou arquivos do celular ou do computador por engano? Já formatou um dispositivo e se arrependeu depois? Quase todo mundo já passou por essas situações, não é? E, quando isso acontece, pode bater um desespero para recuperar os arquivos deletados!

Muitas vezes, estamos falando de documentos importantes que não deveriam se perder — planilhas financeiras corporativas, fotos de uma vida inteira, um trabalho da faculdade para ser entregue no dia seguinte. Mas, depois que os arquivos são deletados, será que tem o que fazer?

Neste artigo, vamos ver que sim, tem solução! Não precisa se desesperar: veja agora como recuperar arquivos deletados da lixeira do computador, do pen drive, do cartão de memória ou de qualquer outro dispositivo que você use. Acompanhe!

recuperar arquivos apagados

É possível recuperar arquivos deletados?

Deletar arquivos sem querer é muito comum. Não é por acaso que o computador geralmente pergunta: “tem certeza que deseja excluir esse arquivo?”.

Mas, mesmo com a confirmação, pode ser que você apague o arquivo errado ou se arrependa…

Os arquivos também podem ser apagados em uma formatação. Sendo que formatar significa apagar tudo que está armazenado no dispositivo, inclusive o sistema operacional.

Isso pode ser feito em situações críticas, como ataques de vírus ou pane geral, na tentativa de “zerar” o dispositivo para recuperar sua funcionalidade.

O problema é que a formatação, intencional ou acidental, pode levar arquivos importantes, que você não queria perder.

Então, vamos ver agora em detalhes como funciona o processo de exclusão dos arquivos nesses casos — e se é possível recuperá-los.

Arquivos deletados

Sim, é possível recuperar arquivos deletados. Mas a recuperação vai depender da forma como você deletou e do dispositivo em que eles estavam armazenados.

No computador ou notebook, os arquivos deletados manualmente vão para a lixeira do dispositivo.

Ela oferece uma armazenagem de segurança para os arquivos excluídos, com uma capacidade relativa a um percentual do disco rígido.

Quando a lixeira atinge o limite, os arquivos mais antigos vão sendo deletados automaticamente.

Lá, você pode simplesmente clicar em “Restaurar” e ter todos os arquivos que quiser de volta nas pastas de origem. Mas nem sempre é tão simples assim.

Se você deletou um arquivo maior que a capacidade da lixeira ou optou por excluir o item permanentemente, não tem mais como restaurar.

Além disso, nem todos os dispositivos têm uma lixeira. Computadores com Windows ou Mac geralmente têm, mas dispositivos externos (cartões de memória, pen drives e HDs externos), celulares e tablets não têm lixeira.

Quando você exclui um arquivo do cartão SD, por exemplo, mesmo enquanto está conectado a um notebook, ele é deletado permanentemente.

Mas não se preocupe: o arquivo não desaparece definitivamente. Na verdade, o dispositivo apenas apaga as referências ao arquivo para o usuário.

Aquele item continua na memória do dispositivo, mas de forma fragmentada. Enquanto o espaço que era ocupado pelo arquivo não for sobrescrito, você pode reavê-lo com softwares e procedimentos de recuperação de dados.

Arquivos formatados

Sim, também é possível recuperar arquivos deletados na formatação de um dispositivo. Mas, nesse caso, não tem como recorrer à restauração na lixeira.

Quando um dispositivo é formatado, a totalidade dos arquivos armazenados é apagada permanentemente.

É diferente da exclusão pelo usuário, que depende de uma seleção manual e, em notebooks e PCs, ainda leva os itens para a lixeira.

Na formatação, acontece o mesmo processo de exclusão permanente, que explicamos antes. Os arquivos não desaparecem por completo — eles ainda ficam armazenados, de forma fragmentada, mas inacessível ao usuário. Então, ainda é possível recuperá-los por meio de softwares e processos de recuperação de dados.

Tem como reverter uma formatação?

Reverter uma formatação não é possível. Após eliminar todos os arquivos e sistemas, não dá para retroceder.

Mas isso não quer dizer que você não possa recuperar o que estava armazenado ou instalado no seu computador, celular, tablet e outros dispositivos, desde que os itens não tenham sido sobrescritos.

Perceba que esse processo não é exatamente uma “desformatação”. Você apenas vai ter acesso novamente aos arquivos, mas a recuperação dos dados não restaura o sistema de forma integral, exatamente como ele estava antes.

Como recuperar arquivos deletados?

Como já vimos, recuperar arquivos deletados — manualmente ou por formatação — é possível.

Ok, se você tem um backup dos arquivos, na nuvem ou em outro dispositivo, não há com o que se preocupar. Basta acessar os documentos no armazenamento de segurança para tê-los de volta.

Essa é uma medida preventiva para a perda acidental de arquivos que evita muitas dores de cabeça!

Mas nem sempre temos todos os dados em backup. Se esse é seu caso, veja agora as soluções para recuperar arquivos apagados em diferentes situações:

Como recuperar arquivos deletados da lixeira

Se você deletou os arquivos permanentemente da lixeira do seu computador, a recuperação é um pouco mais complexa do que simplesmente clicar em “Restaurar”.

Antes de qualquer medida, desligue o dispositivo. Se você quer recuperar todos os arquivos, é importante não salvar, instalar nem usar mais nada no dispositivo até que os arquivos sejam recuperados.

Caso contrário, você pode sobrescrever os dados e dificultar ou até inviabilizar sua recuperação.

Depois, é preciso acionar o processo de recuperação de dados, por meio de ferramentas e profissionais qualificados.

Sim, dá para tentar fazer isso em casa. Existem softwares que permitem recuperar dados excluídos (mais adiante você vai ver algumas opções). Mas esse processo requer cuidado.

Qualquer manipulação equivocada dos arquivos e do dispositivo pode colocar todos os dados em risco e até tornar a recuperação inviável.

Por isso, recomendamos que você procure ajuda profissional para recuperar arquivos deletados da lixeira com segurança.

Uma empresa especializada em recuperação de dados, como a Bot, sabe como lidar com cada situação e trabalha com os softwares mais qualificados para isso.

Como recuperar arquivos deletados do pen drive

Se os arquivos foram deletados de um pen drive, não há uma lixeira para poder restaurar facilmente os arquivos. A exclusão é permanente. Ou melhor: não há uma lixeira visível ao usuário.

A primeira solução à qual você pode recorrer para recuperar arquivos deletados do pen drive é utilizar o Prompt de Comando do Windows para exibir o diretório da Lixeira, que fica normalmente oculto.

Ela guarda dados que foram deletados recentemente, e pode ser que os seus arquivos estejam lá.

Porém, só recomendamos esse método se você já tem conhecimento em informática, pois qualquer comando errado pode causar erros graves.

Você também pode utilizar softwares, como explicamos antes, mas vale alertar novamente que esse processo requer cuidados.

Por isso, é sempre recomendado procurar uma empresa especializada antes de tomar qualquer atitude que possa acabar com as chances de recuperação dos dados.

Como recuperar arquivos apagados do cartão SD do celular?

Cartões SD (Secure Digital Card) e suas variações (MiniSD e MicroSD) costumam ser usados em celulares com sistema Android, além de câmeras digitais e outros dispositivos. Servem para armazenar fotos, vídeos, músicas e outros arquivos usuais.

Assim como o pen drive, o cartão SD também não tem uma lixeira. Mas, ao inserir o cartão no computador, você também pode usar o Prompt de Comando do Windows (somente se tiver conhecimento em informática) ou um software de recuperação de dados para tentar reaver seus arquivos.

Com o SD no celular, você também pode usar aplicativos de data recovery.

Mas, novamente, o que recomendamos é procurar ajuda de uma empresa especializada. Entregue seus arquivos a profissionais confiáveis, que já têm experiência nesses processos e utilizam as ferramentas adequadas.

Tem como recuperar arquivos apagados do cartão de memória?

O cartão SD, que acabamos de abordar, é um tipo de cartão de memória. Mas existem outros tipos, como o cartão xD, o Memory Stick e o PC Card, que são usados também em câmeras digitais e outros dispositivos que precisam armazenar arquivos.

Apesar das diferenças entre eles — como velocidade de gravação e capacidade de armazenamento — todos os cartões de memória têm um ponto em comum: eles não têm Lixeira.

Então, quando conectá-los ao computador, você também pode tentar usar o Prompt de Comando do Windows ou um software de recuperação de dados, como explicamos antes.

Mas vale a pena confiar seus dados a uma empresa especializada para ter mais segurança nesse processo.

Como restaurar o que foi excluído do HD externo?

O HD externo, assim como pen drives e cartões de memória, são dispositivos de armazenamento que não têm lixeira visível.

Dessa forma, você também pode tentar encontrar os arquivos apagados na lixeira oculta do HD externo, por meio do Prompt de Comando do Windows, ou utilizar uma ferramenta de data recovery.

Porém, você tem mais chances de recuperar seu HD externo, com segurança para os seus arquivos, se contar com a ajuda profissional de uma empresa especializada.

Como recuperar o que foi desinstalado?

A exclusão de arquivos e a formatação de dispositivos também afetam os programas instalados. Pode ser que você desinstale programas manualmente e se arrependa depois.

Nesse caso, você pode restaurar o sistema para um ponto anterior à desinstalação do programa.

Mas tenha certeza do que você está fazendo, pois esse procedimento remove aplicativos, drivers e atualizações instalados depois do ponto de restauração.

Se a restauração não for possível ou se você quiser mais segurança para esse procedimento, uma empresa especializada em recuperação de dados também pode ajudar você a recuperar programas desinstalados manualmente.

Já a formatação do dispositivo limpa tudo o que está armazenado nele, inclusive os programas instalados.

Nesse caso, a recuperação dos programas, com suas configurações originais, é inviável.

Quando a formatação é feita de forma intencional, você ainda pode salvar os programas em um backup, com todos os dados e configurações, antes de fazer o procedimento.

Isso pode ser feito manualmente ou por meio de softwares.

O problema é quando o computador é formatado acidentalmente ou por causa de ataques de vírus. Nesses casos, dificilmente o usuário tem backup dos programas.

Nesse caso, é preciso reinstalar manualmente. Você pode fazer isso baixando novamente cada programa ou utilizando um aplicativo para baixar vários programas de uma só vez, como o Ninite.

Backup do Windows e versões anteriores

Você pode recuperar arquivos deletados a partir de um backup criado com o módulo “Backup e restauração” do Windows ou a partir de seus backups criados em versões anteriores do sistema operacional.

Confira a seguir como realizar cada um dos métodos:

Restaurando arquivos a partir de um backup

No Windows 10, vá para “Configurações” > “Atualização e segurança” > “Backup” e clique no link “Mais opções”.

Role para baixo até a parte inferior da janela “Histórico de arquivos” e clique em “Restaurar arquivos de um backup atual”.

O Windows exibirá todas as pastas de backup. Clique duas vezes na pasta desejada e, em seguida, dê duplo clique no arquivo para visualizá-lo.

Se for o arquivo que você precisa, clique no botão verde na parte inferior da janela para restaurar o arquivo.

Se o arquivo original desaparecer, o Windows o restaurará automaticamente para seu local anterior.

Se o arquivo ainda existir em seu local original, o Windows permite substituí-lo, manter o arquivo original como está ou comparar os dois arquivos.

Se você quiser alterar seu destino de backup, primeiro precisará parar de usar sua unidade atual.

Na tela “Backup” em “Atualização e segurança” em “Configurações”, clique em “Mais opções”.

Então, role até a parte inferior da página e clique em “Parar de usar o Drive”.

Volte para a tela anterior e clique em “Adicionar uma unidade” para poder reiniciar o processo com um novo destino de backup.

Restaurando a partir de versões anteriores (pastas e arquivos)

Se você usou Backup e Restauração para fazer backup de arquivos ou criar backups de imagem do sistema em versões anteriores do Windows, seu backup antigo ainda estará disponível no Windows 10.

Na caixa de pesquisa na barra de tarefas, digite “painel de controle”. Em seguida, selecione  “Painel de controle”  >  “Sistema e segurança”  >  “Backup e restauração (Windows 7)”.

Qual o melhor programa para recuperar arquivos deletados?

As ferramentas de data recovery podem ser uma solução caseira para recuperar arquivos deletados em situações mais simples, como a exclusão manual de dados.

Estas são algumas opções de ferramentas que você pode usar:

Recuva

Se seu sistema operacional é o Windows, há muitas vantagens em escolher o Recuva para recuperar seus arquivos deletados do computador.

Ele possui versões instaláveis ​​e portáteis, além de contar com um assistente simples, opções avançadas e suporte a uma ampla gama de versões do Windows — como o 11, 10, 8, 7, Vista e XP.

Já as desvantagens envolvem sua página de download um pouco confusa, o instalador que tenta adicionar outros programas ao seu computador e fato de que o programa quase nunca é atualizado.

DiskDigger

O DiskDigger é uma ferramenta de recuperação capaz de recuperar dados perdidos acessando a arquitetura central de um dispositivo de armazenamento.

Uma vez que o acesso é obtido, ele pode extrair/recuperar dados e arquivos perdidos do seu disco rígido, unidade flash USB, cartões de memória, etc.

As vantagens do Diskdigger incluem sua versatilidade, sendo compatível em vários sistemas, como o Android, o iOS, o Mac e Windows.

Além disso, ele pode recuperar tanto fotos como praticamente qualquer outro tipo de arquivo.

Por outro lado, o software precisa de otimização e correções de bugs em sua versão para Mac e seu modo Dig Deeper demora demais para escanear. 

Disk Drill

O Disk Drill é um poderoso programa de recuperação de dados que suporta os sistemas operacionais Windows e Mac.

Ele pode ser usado para recuperar uma ampla variedade de dispositivos — incluindo discos rígidos, unidades USB, cartões SD, memória de câmera digital e, se você estiver usando a versão para Mac, dados de dispositivos iPhone ou Android.

Também pode recuperar mais de 300 formatos de arquivo, o que é excelente.

Por outro lado, para restaurar arquivos de dispositivos Mac é preciso assinar a licença premium e suas verificações são muito lentas — sendo que a profunda é mais ainda.

MiniTool Power Data Recovery

Com o MiniTool Power Data Recovery, você pode recuperar dados perdidos de várias maneiras.

Além disso, o software é flexível o suficiente para lidar com praticamente qualquer situação de perda de dados e você pode iniciar uma nova varredura em apenas alguns segundos.

Porém, ainda que o MiniTool Power Data Recovery esteja disponível gratuitamente, suas licenças premium oferecem restrições significativas em relação à versão gratuita.

Sendo que a principal restrição é que os usuários gratuitos só podem recuperar até 1 MB (Mac) ou 1 GB (Windows) de dados e sua interface é um pouco desajeitada.

FreeUndelete

O FreeUndelete é um software gratuito de recuperação de dados para recuperação de arquivos e é gratuito para uso pessoal.

Funciona em computadores com sistema Windows (Windows 7/XP/Vista/2003/2000) e Windows Server 2003/2008, suportando recuperação de dados em sistemas de arquivos NTFS e FAT.

Com ele, você pode recuperar arquivos perdidos que foram excluídos permanentemente da lixeira do Windows.

Sua maior vantagem é ser gratuito para pessoas físicas e apresenta digitalizações fáceis de iniciar.

Por outro lado, só funciona no sistema operacional Windows (mesmo que em suas diferentes versões) e os resultados de suas inicializações são complicados de entender.

Conclusão

A Bot é líder em recuperação de dados no Brasil. Temos mais de 11 anos de experiência nos casos mais complexos de perda de dados em HDs, celulares, pen drives, cartões de memória e outros dispositivos.

A Bot trabalha com os melhores equipamentos e softwares para recuperação de dados, em laboratórios com controle rigoroso de partículas, que impede qualquer dano aos dispositivos.

Você pode contar com toda a nossa segurança e estrutura para recuperar seus arquivos, com altas taxas de sucesso.

Então, se você ou a sua empresa precisa recuperar arquivos deletados de um celular, ou computador, conte com a ajuda da Bot.

Temos dezenas de unidades de atendimento e oferecemos orçamento e envio gratuitos de dispositivos a partir de qualquer localidade do Brasil.

Preencha agora o formulário de orçamento para podermos analisar o seu caso e mostrar como a Bot pode te ajudar!