A Bot oferece, além do ORÇAMENTO GRATUITO, o ENVIO GRATUITO do dispositivo por frete expresso de qualquer endereço do Brasil! Solicite AQUI

Quanto da sua vida está registrada no seu disco rígido? Memórias de amigos e da família, documentos de trabalho e dados importantes sobre sua vida financeira, podem estar salvos nesse componente do seu computador. Mas a maioria dos usuários não se preocupa com a saúde do HD como deveria e muita gente nem sabe do que se trata.

Nesses casos, o tema só vem à tona quando já é tarde demais. Por isso, reunimos aqui algumas informações essenciais para você saber o que é a saúde do HD, mostramos como conferir se está tudo certo e explicamos como recuperar seu disco rígido em caso de problemas. Olha só!

Saúde do HD

O que é a saúde do HD?

Antes de tudo, você precisa entender o que significa saúde do HD. Um disco rígido tem uma vida útil que varia entre 5 e 10 anos, em média. No entanto, seu caráter mecânico e o mau uso fazem com que esse componente esteja sujeito a uma série de problemas. Defeitos físicos, bad blocks, vírus e falhas de fabricação podem atrapalhar o funcionamento do seu computador.

Mas raramente o HD para de funcionar do nada. Em muitos casos, a peça dá sinais de que seu tempo útil está terminando. Portanto, cuidar da saúde do HD é uma forma importante garantir que você não será pego desprevenido por qualquer falha, nem perder os dados que são mais importantes para você.

Como ver a saúde do HD?

Em primeiro lugar, é importante prestar atenção nos sinais que o seu dispositivo dá. O HD que faz muito barulho, por exemplo, pode estar com a saúde comprometida. Além disso, arquivos corrompidos e um computador com lentidão, que trava ou reinicia sozinho podem significar defeito no disco rígido.

Mas antes mesmo que esses sintomas apareçam, você pode verificar a saúde do HD e evitar que seja tarde demais. Assim, você ainda pode fazer backup dos seus dados e garantir, pelo menos, que tudo esteja a salvo.

Para isso, uma das opções é utilizar um software especializado, que vai te mostrar a situação atual do seu disco rígido. A seguir, listamos alguns disponíveis e, mais a frente, explicamos alguns erros que você pode encontrar.

Qual programa para ver saúde do HD?

Com a ajuda de alguns sistemas práticos, você conseguirá avaliar a saúde do seu HD. Alguns deles são:

S.M.A.R.T. do HD

Os próprios HDs e SSDs já saem de fábrica equipados com um dispositivo que atua no monitoramento de erros desses componentes. Trata-se do S.M.A.R.T., sigla para Self-Monitoring, Analysis and Reporting Technology (ou, em português, Tecnologia de Automonitoramento, Análise e Relatório).

Para acessar as informações disponibilizadas pelo S.M.A.R.T do HD, você precisará de um programa especializado, como o HDD Scan, que é gratuito e fácil de usar.

Crystal Disk Info

O Crystal Disk Info é um software para Windows que avalia a saúde do HD. O resultado aparece em uma bandeira no lado esquerdo da tela, que indica como está a situação do seu disco rígido. Clicando ali, é possível conferir a taxa de erros no disco, a contagem de setores realocados, as horas de funcionamento e o total de informações lidas e escritas no disco, entre outros dados.

CrystalDiskMark

O CrystalDiskMark é uma ferramenta gratuita para verificar a saúde do seu HD, que funciona no Windows. No programa, o usuário escolhe o número de testes que deseja executar e quais unidades devem ser testadas. Com os resultados, é possível verificar a velocidade do seu disco e analisar se há erros graves que podem exigir a substituição do componente.

Macrorit Disk Scanner

Por último, outra opção para acompanhar a saúde do HD é o Macrorit Disk Scanner, um programa gratuito que busca por bad blocks e erros de leitura. Assim, é possível verificar se a vida útil do disco está chegando ao fim ou se há outros problemas atrapalhando o funcionamento do componente.

Como recuperar a saúde do HD?

Rodou um desses programas e percebeu que seu HD pode estar com os dias contados? Em primeiro lugar, não se desespere. Alguns usuários entram em pânico e instalam o primeiro software de reparo que aparece pela frente. Mas uma atitude dessas pode ter mais efeitos negativos do que positivos no futuro.

Isso porque o resultado pode não ser tão bom quanto você imagina. Além de não reparar o HD, o programa pode prejudicar um processo de recuperação de dados em um disco que parou de funcionar. Aqui na Bot, nos deparamos com esse tipo de problema frequentemente, então procure sempre um especialista.

Em quanto tempo um HD começa a apresentar falhas?

Como qualquer componente mecânico, o disco rígido tem um tempo limitado de uso, que varia com base na marca, no modelo e nos seus hábitos de uso. Em geral, a vida útil do HD é de 5 a 10 anos. Um estudo da Backblaze, atualizado em 2021, apontou que 90% dos discos duram quatro anos ou mais. Enquanto 65% dos componentes passam de seis anos.

Com essa informação, você pode perceber que a partir dos quatro ou cinco anos de uso os problemas começam a ficar mais frequentes e a saúde do HD não é mais a mesma. Então nesse período é importante intensificar a rotina de testes e backups.

Quais os principais erros e falhas de um HD?

Antes de um HD “morrer” por completo, ele apresenta alguns indícios que nos permitem identificar se ele está bom ou não.  Veja alguns desses principais erros e falhas:

Reallocated Sectors Count

Esse erro, que também pode aparecer com a identificação ID 5, descreve os problemas do HD ao registrar, ler ou verificar dados. Nesses casos, o disco realoca setores para evitar que os dados sejam corrompidos ou perdidos. Quanto mais setores realocados, maiores são os erros que o HD está tendo e, portanto, pode ser que a sua vida útil esteja chegando ao fim.

Current Pending Sectors Count

Identificado como ID C5, esse erro indica o número de setores defeituosos na unidade que está sendo testada. Da mesma forma, quanto mais setores com falhas, maior a chance do seu disco estar prestes a parar de funcionar.

Uncorrectable Sector Count

Por último, um dos erros mais comuns é o ID C6, no qual há falha na contagem de setores e erros considerados incorrigíveis. Assim, os setores são ignorados pelo próprio disco e não há mais registros de dados naquela parte. Com isso, o HD vai se tornando cada vez mais próximo de ser inutilizado.

HD com muitas falhas e com dados importantes, como recuperar?

Encontrou algum dos erros acima ou viu que seu HD está com os dias contados? Mais uma vez, não entre em pânico. É normal que a saúde do HD apresente problemas depois de alguns anos. Quando compramos um dispositivo desses, assumimos esse risco e sabemos que sua vida útil é limitada. Mesmo tomando cuidado para que o disco não seja afetado por altas temperaturas, água ou quedas, há falhas mecânicas e eletrônicas que estão fora do nosso controle. Ou acidentes que, infelizmente, não conseguimos evitar.

Por isso, pode ser que o seu HD precise ser substituído, mas o importante é salvar seus arquivos. Se o disco já parou de funcionar, está com dados corrompidos e você não consegue mais acessar o que precisa, ainda existe solução.

Existem softwares e empresas especializadas na recuperação de dados, como a Bot. São mais de dez anos de experiência e 60 mil casos solucionados, com satisfação total dos clientes.

Entre em contato e saiba como recuperar dados com a nossa ajuda!